Página Inicial > Passáros > Como Organizar a Rotina Com Aves Domésticas

Como Organizar a Rotina Com Aves Domésticas

Quem gosta de aves saiba que cria-las não é uma tarefa difícil, mas requer cuidados e um certo trabalho, em particular para os que são iniciantes. É importante ter uma rotina pré-estabelecida e que sesta seja seguida à risca. Não é conveniente que as aves fiquem em um cativeiro e sofram com a falta de cuidados ou cuidados inadequados para cada espécie.

 

Os pássaros, de maneira geral, ou vivem em gaiolas ou em viveiros. Este último, é o mais adequado já que possui mais espaço para que elas abram as asas e se movimentem como deve ser. As gaiolas são espaços mais restritivos e que não comportam muitos pássaros. O ideal é que vivam em no máximo dois exemplares, se o tamanho do compartimento  puder agrupar o os dois com certo conforto. Para quem mora em espaços pequenos, as gaiolas são as mais indicadas para manter os pássaros. As gaiolas podem ser feitas de madeira, ou arame, serem redondas, quadradas, ou retangulares. Podem ser transportadas.

 

Os viveiros são ideais para acomodar mais pássaros. Mas, infelizmente, nem todos podem ser dar ao luxo de ter um. Os viveiros demandam espaço, e mais cuidados dos que as gaiolas. Podem ser feitos de alvenaria, tela ou grades de arames. Em viveiros também é possível permitir a reprodução das espécies que nela vivem.

 

As gaiolas podem ser alojadas em qualquer espaço da casa, mas de preferência, onde haja tranquilidade, tenha luz solar e um pouco de sombra. As aves não devem ficar longos tempos expostas ao sol.

 

Há gaiolas para todos os tipos de pássaros. Para os pequenos, como as aves canoras, o Curió e o Bicudo, geralmente as gaiolas feitas em madeira são as mais recomendadas. Este tipo de gaiola é conhecido como piracicaba.

 

Já para pássaros maiores, como o Sabiá, o Pássaro-preto e o Corrupião o tipo de gaiola maior, conhecido pelo nome genérico de “gaiola para sabiá” costuma ser a recomendada pelos especialistas.

 

Para quem quer ter papagaios e canários, o ideal é fazer a aquisição de gaiolas específicas para eles, as chamadas “gaiolas argentinas”, que possuem 63 cm de comprimento, 32 cm de altura e 27 cm de fundo. Dependendo do modelo, do uso, há outras gaiolas específicas no mercado. Estas são conhecidas como gaiolas de adorno, avoadeiras e de criação.

 

Mas apenas encontrar a gaiola certa, não basta. É preciso ainda equipá-las para receber os animaizinhos. Comedouros e bebedouros também devem ser adquiridos de acordo com cada espécie.