Como Fazer uma Tatuagem Passo a Passo

Processo Passo A Passo Para A Realização De Uma Tatuagem (ou Várias Delas).

Não é de hoje que o homem tem o hábito de marcar o próprio corpo de modo permanente. Estudiosos afirmam que a prática da tatuagem mais rudimentar já era realizada muito antes de 4.000 a.c., por egípcios e hindus. Entre as civilizações mais tribais, por exemplo, pintar o corpo, ou furá-lo com objetos como ossos simbolizava a valentia e a coragem dos guerreiros e líderes das tribos. E até hoje, algumas culturas, as mulheres são totalmente tatuadas com uma espécie de tinta removível antes de serem desposadas no matrimônio.

Sabe-se que muitas técnicas de fazer uma tatuagem foram aplicadas ao longo dos tempos. Contudo, após a criação do aparelho elétrico – pistola – desenvolvido para fazer tatuagens por Samuel O`Reilly, que se baseou em um modelo anterior criado por Thomas Edison, em 1891, os processos de realização de tatuagem pouco ou em quase nada sofreram modificações. O aparelho elétrico de tatuagem fora criado com o intuito de tatuar marinheiros e prisioneiros que, costumeiramente, marcavam nomes de suas amadas em seus braços.

O processo de fazer uma tatuagem é simples mais requer diversos cuidados: o primeiro deles é saber onde e quem irá tatuá-lo. Certifique-se de que o studio de tatuagem é limpo, tem autoclave para esterilização das pistolas elétricas, que as agulhas e aparelhos de raspagens de pelo são descartáveis, se o profissional que irá fazer a tatuagem é experiente e, se as tintas para fazer a pigmentação são reconhecidas pela ANVISA. Já está em trâmite final o processo de aprovação e regulamentação do exercício profissional de tatuagem, bem como da venda apropriada e reconhecida pelos institutos das tintas utilizadas nesse tipo de trabalho.

Feito isso, tenha em mente o desenho e a técnica desejada, pois o processo é o mesmo em qualquer studio ou local do mundo. Primeiro será feito um stencil do desenho e, após esterilizada a pele na região onde será feito o desenho, o risco com base no stencil é realizado. Depois, com a pistola, já com as agulhas, o tatuador irá traços os riscos definitivos. Nesse momento a dor não costuma ser muito intensa. Quando as tatuagens são muito grandes, não é aconselhável riscar e preencher no mesmo dia.

Por fim, ocorre o preenchimento do risco, que poderá ser preto ou colorido, conforme a técnica escolhida. O tatuador realiza a primeira assepsia no local, faz as recomendações de cuidados gerais e basta que sejam seguidas todas as orientações!