Página Inicial > Viagens > Ásia > Belezas e Curiosidades da Ilha de Taiwan

Belezas e Curiosidades da Ilha de Taiwan

Publicidade:

Conhecida também como Ilha Formosa, a ilha de Taiwan reserva grandes surpresas ara os seus visitantes. Desde as belezas naturais formadas por praias, campos, até os s enigmáticos templos que estão espalhados pela ilha – os quais são atrações culturais a parte – visto que somente em Taipé, que é a capital do país, há mais de cinco mil templos, com origem budista, confucionista ou taoista.

Os passeios podem começar pelos templos, na capital. Um dos mais visitados e mais simbólicos é o templo de Longshan, construído em 1738, e que mesmo depois de terremotos e incêndios, além dos ataques da Segunda Guerra, permanece com sua arquitetura clássica, símbolo dos costumes religiosos em Taiwan. Entre tantos outros, também há o Templo de Confúcio. Todo de madeira é bem mais vazio e abriga exposições multimídias sobre ensinamentos do filósofo chinês, que dá o nome ao templo, e que tem suas origens no século VI a.C.

Outro ponto que praticamente é impossível de não reparar é a torre Taipei 101, considerada como o símbolo da Taiwan e reconhecida como o segundo prédio mais alto do mundo – o  título de primeiro pertence ao Burj Khalifa, localizado em Dhubai. À noite, ele fica todo iluminado, com muitas cores distintas e, dependendo do dia da semana, podem ir variando na coloração. Além disso, há um observatório no 99º andar que garante uma vista deslumbrante de toda a cidade.

Outro passeio imperdível é uma visita ao National Palace Museum, onde há um acervo com mais de 600 mil peças herdadas do império chinês. Durante a visita, não deixe de ir à casa de chá. O visitante conta com um menu bastante variado, se não quiser errar, opte pelo tradicional Bubble Tea, que é bem docinho, feito com leite e bolinhas de tapioca.

Depois de um período de visitação à cidade, vale seguir para outro lado da ilha, onde estão as belíssimas praias. Em Beitou, a cerca de 10 quilômetros para o norte da capital, os visitantes têm o privilégio de relaxar em piscinas naturais, onsens e banhos de águas vulcânicas que também prometem ser curativas para os mais distintos tipos de patologias.

Já no sul da ilha, a dica fica para Kenting National Park, com suas belíssimas praias, bosques e muitos bares e restaurantes que deixam a visita dos turistas,  ainda mais alegre e prazerosa.

Vale lembrar que, embora Taiwan seja um país de regime capitalista e que investe em turismo, é necessário visto para entrar no país. Fique muito atento aos documentos e prazos estabelecidos pelo governo taiwanês.