Página Inicial > Bem-Estar > Yoga > Algumas Recomendações Para Quem Vai Iniciar Yoga

Algumas Recomendações Para Quem Vai Iniciar Yoga

Publicidade:

O yoga é uma filosofia muito antiga, cuja origem remonta a mais de 5.000 anos, na antiga Índia. Hoje a prática do yoga figura no mundo inteiro, também como sendo a prática mais antiga – e que tem angariado cada vez mais adeptos, juntamente por trabalhar a concepção do holístico, ou seja, trabalhar o humano em sua totalidade.

Há diversas modalidades – ou técnicas – da prática do yoga, que foram desenvolvidas ou adaptadas ao longo dos mais de 5.000 de sua existência. Pra quem deseja se iniciar na prática de yoga, precisa ficar atendo e escolher a melhor que mais se encaixa em sua filosofia de vida – bem como a possibilidade de realizar os exercícios, que segundo os grandes mestres, devem ser praticados, ao menos, duas vezes por semana, para que surta o efeito esperado. Menos que isto, pode levar ao praticante a desistência, uma vez que os resultados somente começam a aparecer após um certo período de treino.

Muitas pessoas que estão pretendendo iniciar-se na prática costumam ter inúmeras dúvidas sobre o que pode ou não pode durante os exercícios, ou o antes ou o depois. Na verdade, não há qualquer tipo de contraindicação para fazer yoga. Os médicos hoje inclusive recomendam para inúmeros pacientes que passem a praticar o yoga, uma vez que ele é uma das práticas físicas que mais traz benefícios para o ser humano. O yoga trabalha o todo – mente, corpo e emoções, o que ajuda a combater diversos tipos de doenças psicossomáticas, emagrece, tonifica os músculos e massageia e oxigena os órgãos do corpo. Os efeitos da prática do yoga podem ser vistos logo durante as primeiras semanas.

O mais recomendável é que o yoga seja praticado todos os dias. Nem todas as pessoas conseguem, entretanto, organizar-se de modo a fazer os exercícios diariamente. Contudo, com ao menos três vezes por semana, já é possível sentir os benefícios do yoga.

Como se trata de uma atividade física que trabalha com exercícios de alongamento associados a uma regulação respiratória, a flexibilidade é trabalhada constantemente. Algumas posições exigem que o praticante coloque as mãos nos pés, o que para alguns pode ser impossível no começo. Os mais aptos garantem – o mais importante é ter a mente flexível, o resto virá com o tempo.

Não se deve comer antes de ir para a prática do yoga. É importante que haja um intervalo de duas horas entre uma refeição e os exercícios. E dê preferência a alimentos leves, como frutas e grãos.

Outra dica – use sempre roupas leves e apropriadas para ginástica. Mas, se optar por bermudas, shorts ou calça de moletom não há qualquer problema. Pés devem estar descalços.