Página Inicial > Casa e Apartamento > Ambientes Externos > Abacaxi ou Ananas Comosus

Abacaxi ou Ananas Comosus

Publicidade:

De nome científico Ananas comosus L. Merril, o abacaxi é uma planta herbácea perene conhecida popularmente, abacaxizeiro, pé de abacaxi, ananás e pertencente à família das Bromeliaceaes. Originária do Brasil, há algumas variedades da espécie, sendo que dentre elas, o ananás comosus é comestível. Ainda assim, todas as variedades podem ser consideradas ornamentais.

A altura dessa planta pode ficar na casa dos 1,20 com 1 a 1,5 m de diâmetro em forma de roseta. As características entre as variedades também ficam muito próximas. As folhas são duras e coriáceas com espinhos nas margens, dispostas ao redor da base. Também possuem inflorescência, que surge em pedúnculo e tem a forma cilíndrica, produzindo frutos de casca escamosa e áspera, verde a amarelada. Quanto ao fruto, sua polpa é carnosa, levemente ácida perfumada e suculenta quando madura.

De acordo com dados do agronegócio, o Brasil está entre os três mais importantes e maiores produtos do fruto no mundo inteiro, entre os estados os de maior produção são Pará, Paraíba e Minas Gerais.

O ananás ou abacaxi é uma planta que se desenvolve muito bem em climas mais quentes, entre o tropical e subtropical. Também apreciam irrigação controlada por aspersão, micro aspersão ou gotejamento é um fator determinante para o sucesso da produção, principalmente na fase de crescimento vegetal. Já para quem quer cultivar abacaxi em casa, deve ater-se ao tipo de solo, que deve ser levemente arenoso, com boa drenagem e pH de cultivo entre 4.5 e 5.5. Além disso, vale ainda salientar que se trata de uma planta que aprecia muito magnésio e, por essa razão, análises de solos e recomendações de um profissional são necessárias em todas as etapas de cultivo em lavouras.

Mas é possível fazer o desenvolvimento das mudas sem a ajuda de profissional especialista. Isto porque a multiplicação é feita pelo método de estaquia, retirando partes da planta após a colheita dos frutos. Assim como outras bromélias, após a floração surgem os filhotes que precisam se desenvolver, o que pode levar até 6 meses.

É possível fazer 4 tipos diferentes de produção por muda: muda de coroa, que produz plantas de bom porte e vigorosas, mas que não costumam ser usadas na produção em larga escala; a produção por filhotes, que surgem sob o fruto; a produção por rebento, as quais surgem no caule da muda e tem maior vigor;  e a produção in vitro, técnica mais cara, mas viável para a cultura do abacaxi, produz mudas sadias, de grande uniformidade podendo ser programada para épocas de maior consumo ou para indústria.